ALBÂNIA onde há perseverança há esperança...

Para os Mulçumanos que buscam...

Para os Mulsumanos que buscam... IsaalMasih.net

8 de jan de 2011

I M P A C T O


I M P A C T O
Como a vida de Jesus causou um impacto no mundo?

Ninguém tem transformado o mundo da maneira que Jesus o faz. Ninguém!
Através da história, a influência que Jesus teve na vida das pessoas nunca foi ultrapassada. Nenhum outro grande líder tem inspirado tantas mudanças positivas nas vidas de seus seguidores. As pessoas que se encontram com o Cristo ressuscitado são totalmente transformadas. Sua visão sobre a vida é alterada para sempre. Para conservar sua fé, eles não hesitam em enfrentar opressão, perseguição e até mesmo a morte. Muitos dedicam suas vidas para servir a outros, desprezando suas próprias necessidades e desejos.
Cristãos do primeiro século
Depois da crucificação de Jesus os discípulos estavam arrasados. Eles haviam abandonado a Jesus no Jardim do Getsêmani para salvar sua própria pele. Mas depois de terem se encontrado com o Cristo ressurreto, eles foram radicalmente transformados. Repentinamente eles estavam dispostos a dar suas vidas para poder contar ao mundo a história de Jesus. Muitos foram torturados e mortos por causa de suas declarações de que Jesus estava vivo.
Céticos e inimigos também foram transformados. O irmão mais novo de Jesus, Tiago, não achava que Jesus era alguém especial. Mas depois que seu irmão ressuscitado lhe apareceu, Tiago não somente creu que Jesus era o Senhor, mas também tornou-se o líder da igreja de Jerusalém e morreu como mártir em 62 AD.
Saulo de Tarso foi o perseguidor chefe dos primeiros cristãos. Ele arrastava as pessoas para a prisão. Quando eles não renunciavam à sua fé, ele aprovava a execução deles. Mas ele teve um encontro dramático com o Cristo ressuscitado, em sua viagem para Damasco; ali ele foi transformado de Saulo, o inimigo do Cristianismo, em Paulo, o maior propagador de Sua mensagem. Ele abandonou sua posição de prestígio na sociedade judaica, para tornar-se um missionário itinerante, que experimentou incrível sofrimento a fim de partilhar do amor de Cristo por todo o império romano.
O governador romano Plinius Secundus escreveu em suas Epístolas X96 que os cristãos eram pessoas que amavam a verdade a qualquer custo. Apesar de ter recebido ordens para perseguir e executar os que se recusavam a amaldiçoar a Jesus, ele sempre ficava maravilhado e impressionado com o compromisso tão firme que eles demonstravam em não fazer o mal, nunca cometer qualquer fraude, roubo, adultério, nunca falar com falsidade, e nunca negar uma verdade. Durante séculos os verdadeiros cristãos por todo o mundo têm permanecido como exemplos radiantes dos padrões de verdade e amor estabelecidos por Jesus de Nazaré.
O historiador Philip Schaff descreveu a influência tremenda que Jesus teve sobre a história e a cultura subseqüentes do mundo. "Esse Jesus de Nazaré, sem dinheiro e sem armas conquistou mais milhões do que Alexandre, César, Maomé e Napoleão; sem ciência, Ele derramou mais luz sobre as coisas humanas e divinas do que todos os filósofos e mestres juntos. Sem a eloqüência de oradores, Ele falou tais palavras de vida como nunca foram pronunciadas antes e até agora,  e que produziram efeitos que jazem além do alcance de qualquer orador ou poeta; sem escrever uma única linha, ele colocou mais penas em ação e forneceu temas para mais sermões, orações, discussões, livros, obras de arte e canções de louvor do que todo o exército dos grandes homens tanto dos tempos antigos como modernos."

Cristianismo dos tempos modernos
O poder de Cristo desconhece as fronteiras de tempo e espaço. Em nossa era, muitos doutores têm sido convencidos, da mesma forma que aconteceu com seus colegas do primeiro século.\por exemplo, Lew Wallace, um general famoso e um gênio literário, era muito conhecido como um ateu. Por dois anos, Wallace estudou nas maiores bibliotecas da Europa e América, coletando informações que iriam destruir para sempre o Cristianismo. Enquanto estava escrevendo o segundo capítulo de um livro que destacava seus argumentos, ele subitamente encontrou-se de joelhos clamando a Jesus, "Meus Senhor e meu Deus."
Quando ele foi confrontado com a evidência sólida e indisputável, ele não pode mais negar que Jesus Cristo era o Filho de Deus. Posteriormente,  Lew Wallace escreveu o livro Ben Hur, uma das maiores novelas inglesas escritas sobre a época de Jesus.
De maneira similar, C.S. Lewis, professor na Universidade Oxford, da Inglaterra,  foi um agnóstico que negara a divindade de Cristo por muitos anos. Mas ele, também, com honestidade intelectual, submeteu-se a Jesus como seu Deus e Salvador, depois de estudar a evidência avassaladora sobre Sua Deidade. Através dos anos, ele escreveu muitos livros para defender seus ideais de Cristianismo, incluindo Cristianismo Básico e Cartas do Inferno.
Muitos outros homens e mulheres de nosso século têm dedicado suas vidas para espalhar a mensagem do Evangelho, freqüentemente enfrentando torturas e morte. Por exemplo, um dos líderes cristãos mais conhecidos da Romênia, Richard Wurmbrand, passou 14 anos na prisão e foi torturado repetidas vezes por dirigir a igreja subterrânea sob o governo comunista. Mesmo depois que pressões internacionais asseguraram a sua libertação da Romênia, ele continuou a receber ameaças de morte do regime comunista. Mas essas tentativas de intimidação não o silenciaram. Ele continuou publicamente divulgando as boas novas de Cristo.
De igual modo, na Coréia, Joon Gon Kim, um líder cristão bem conhecido, testemunhou o assassinato de sua esposa e de seu pai, diante de seus olhos, por simpatizantes comunistas de sua própria aldeia. Ele mesmo foi espancado até perder os sentidos e deixado à morte. Ele sobreviveu ao espancamento e pediu ao Senhor que lhe desse amor pelas almas de seus inimigos. Ele, posteriormente, levou 30 comunistas à fé em Cristo, incluindo a pessoa responsável pela morte dos membros de sua família.a
O amor de Cristo não somente impele os cristãos a enfrentar a perseguição e a morte mas também a trabalhar para que o mundo seja um lugar melhor. A Madre Teresa foi um exemplo ímpar de uma vida dedicada ao serviço de Cristo. Ela disse o seguinte, sobre o seu bem conhecido ministério entre os pobres: "Nosso trabalho é somente a expressão do amor que temos por Deus."
Da mesma forma que ela, muitos outros têm dado suas vidas para servir ao destituído e desprezado, tanto em seus próprios países como em outros lugares. William e Katherine Booth, fundadores do Exército de Salvação criam que ministrar aos pobres era o mesmo que ministrar ao próprio Cristo. O movimento que eles lançaram encabeça a lista dos esforços incansáveis de pessoas entusiastas que desejam fazer diferença no mundo que as cerca.
Todos estes cristãos, homens e mulheres têm encontrado realização e alegria em seguir os ensinos de Jesus. Eles foram transformados ao encontrarem-se com Cristo e dedicaram suas vidas a Ele. Cada um deles tem causado um impacto positivo no mundo.

Você pode também desejar encontrar o Deus vivente e experimentar Seu poder transformador. O desejo de Cristo é entrar em seu coração e dar-lhe uma nova vida nEle. Para aprender como desenvolver um relacionamento pessoal com Jesus, vá simplesmente à seção Você.

Nenhum comentário: