ALBÂNIA onde há perseverança há esperança...

Para os Mulçumanos que buscam...

Para os Mulsumanos que buscam... IsaalMasih.net

26 de mai de 2010

"TER COMPROMISSO COM DEUS É LOUCURA???"

"TER COMPROMISSO COM DEUS É LOUCURA???"
 
Realmente numa sociedade consumista que vivemos onde o dinheiro é endeusado, pode se definir como "loucura" deixar de trocar um carro popular por uma camionete importada, que consome anualmente em IPVA, o valor empregado na compra de um lote do Livro Sagrado que salva Vidas e distribuido gratuitamente.
 
Para algumas familias tradicionais pode ser considerado loucura mesmo deixar de ir  as compras na DASLU ou na Harrod´s ou hospedar no Ritz de Paris ou George V, para fazer uma festa em tributo a DEUS.
 
Deve ser loucura mesmo aos apreciadores de um "bon Vin" deixar de saborear um Romanée Conti com os amigos, para oferecer um coquetel às pessoas que se reunem em torno de uma tarde festiva de entrega de um tesouro muito maior do que os milhares de quilates presentes na Tiffany & Co., ou seja uma Bíbilia em Braile.
 
Loucura tambem é ter um acervo de mais de 75 obras do artista plástico Renato Amisy, avaliadas em mais de uma centena de milhares de reais e doar para o acervo da Sociedade Bíblica do Brasil, que as levarão para os confins da Terra, apresentando-as ao mundo sedento da Palavra em exposições e em ilustrações no Livro Sagrado. Imaginem o quanto de vidas poderão ser salvas simplesmente por este ato de doação? Isso é loucura???
 
Em resumo, todas estas loucuras são do homem que tem DEUS como seu único salvador e que tem feito tudo que ELE manda,  sem medir esforços. E que leva a PALAVRA aos que estão necessitando das mesmas aos confins da Terra.
 
Esse é Pedro Spina.
 
 
Abaixo um breve relato de uma experiência vivenciada nesta Tarde!
 
Hoje depois da entrega da Biblia em Braile para a comunidade de Barretos, seguimos para um local santificado a DEUS e fomos impactados com um senhor acompanhado de sua filha, vindo de Mocóca-SP. Em tratamento na Fundação PIO XII, entrou na Casa de Oração e clamou a DEUS pela sua cura. Pedro o convidou a entrar na sala da administração para que recebesse  uma oração poderosa ministrada pelo irmão Ageu da SBB e materiais de apoio da ciência que salva, a CRISTOTERAPIA, todo este material bancado pelo mesmo. E todos ali puderam sentir a presença de DEUS neste local propício para o refrigério da ALMA. Um local não somente para a cura da matéria,  mas do espírito e principalmente de comunhão com o PAI.
 
Temos certeza que este homem pelo seu semblante de alegria e satisfação,  saiu dali mais forte e confiante no agir de DEUS sobre sua vida. O mesmo PAI que tirou este nosso amado irmão Pedro da Cova e o salvou para que continuasse a fazer esta grande obra e manter ali um local de milagres/curas. 
 
Mesmo que todos achem que é loucura queimar dinheiro com DEUS, ele sabe que pior é queimar quantias iguais ou até maiores nas fogueiras das vaidades que consomem fortunas e pessoas pelo mundo inteiro. Veja abaixo o caso de um Milionário Inglês:
 
Um lixeiro inglês ganhou na loteria, ficou milionário, perdeu tudo e agora quer o emprego de volta.
Em 2002, ele ganhou o equivalente a 26 milhões de reais. Gastou quase tudo com
bebidas, mulheres e drogas.
Michael Carroll tinha 19 anos quando ganhou o prêmio. Agora, sem dinheiro, precisa trabalhar para sustentar as duas filhas. Disse que quer o emprego de volta, porque era feliz como lixeiro. Trabalhava ao ar livre e se divertia com as pessoas.
fonte: http://g1.globo.com/jornal-hoje/noticia/2010/05/depois-de-perder-todo-dinheiro-que-ganhou-na-loteria-lixeiro-ingles-quer-emprego-de-volta.html
 
Nós cumprimentamos este homem de DEUS, considerado louco por suas ações que visam a salvação do POVO e que usa seu dízimo para distribuir a PALAVRA aos que dela necessitam.
 
 
Agindo DEUS, nada nos impedirá de proclamar seu Nome aos Povos,

24 de mai de 2010

22 de mai de 2010

Pastores com visão missionária

Pastores com visão missionária
Pr. João Falcão Sobrinho
Pastor Emérito da PIB de Irajá, Rio de Janeiro
Sermão Missionário


Os pastores são agentes formadores de opinião e de atitudes. Cada igreja segue o seu pastor, não propriamente o discurso dele, mas a sua vida.

A visão do pastor, queira ou não, acaba sendo a visão de sua igreja. Conheci um pastor que sempre dizia: “Minha igreja não pode levantar ofertas para missões nem contribuir para o Plano Cooperativo porque os seus membros são todos pobres, vivem em casas humildes e mal conseguem o sustento para suas famílias”.

As senhoras da igreja, segundo alegava a esposa do pastor, que partilhava da mesma visão, também jamais enviaram um centavo para o Dia de Educação Cristã.

O templo daquela igreja, onde estive por duas vezes, era uma construção antiga, carecendo com urgência de alguns reparos e pintura. Os banheiros estavam em estado lastimável.

 Aquele pastor foi para outra igreja no interior e eles convidaram um novo obreiro. Este, logo começou a doutrinar a igreja sobre missões, sobre mordomia e vida cristã. Ele e sua esposa eram crentes de muita visão e passaram a sua visão bíblica para a igreja.

 A visão de Cristo. Em poucos meses, a igreja já estava integrada no Plano Cooperativo, levantou significativas ofertas para missões nacionais e missões mundiais.

A MCA enviou sua oferta do Dia de Educação Cristã para a União Feminina e a igreja começou a crescer. Três anos depois, quando voltei àquela igreja, seu templo estava todo pintado, o terreno limpo, sem mato, os banheiros tinham recebido boa reforma e estavam em ótimas condições de uso. Posteriormente, já com outro pastor, aquela igreja conseguiu regularizar a situação da sua propriedade, adquiriu mais dois terrenos contíguos e hoje tem uma propriedade valiosíssima.

 Pastores com visão abençoam suas igrejas. Aqueles mesmos irmãos, que antes não podiam contribuir porque eram pobres, agora também estavam sendo abençoados em sua vida particular porque passaram a sentir-se, como os crentes da Macedônia, embora pobres de bens materiais, riquíssimos em generosidade.

Pastores sem visão missionária atrasam e emperram o crescimento das suas próprias igrejas e desestimulam a melhoria da qualidade de vida dos seus membros.

Isto não é teoria de gabinete, mas a experiência de um pastor que por 50 anos pastoreou várias igrejas, sempre doutrinando sobre mordomia, missões, evangelismo e vida cristã e teve a alegria de ver as igrejas crescendo sob todos os aspectos e os crentes sendo abençoados na sua vida particular.

Minha esposa e eu amamos missões. Nós oramos todos os dias, nominalmente, pelos nossos missionários.

Não somente pelos aniversariantes, indicados no Manancial , mas por muitos outros que estão em nossa lista de orações. Todas as igrejas, por onde passamos, sempre foram liberais em contribuir para o Plano Cooperativo e para enviar as ofertas missionárias, mesmo quando em obras nas suas propriedades.

Ficamos felizes quando vemos os crentes amando missões e contribuindo, liberalmente, para missões porque sabemos que assim eles mesmos serão abençoados.

Estamos sempre orando para que Deus abra a visão de todos os pastores  do Brasil para a obra missionária.

Ore por isso você também. A visão missionária abençoa o ministério. A visão da obra missionária que tanto abençoa o ministério, as igrejas e os crentes dependem essencialmente de três fatores:

Primeiro – uma profunda identidade com Cristo pela leitura devocional sistemática da Bíblia e pela oração não-formal do púlpito, mas sentida no coração no recôndito do quarto fechado.

Segundo – um coração cheio de amor pelos pecadores perdidos de todo o mundo. Que amor a Jesus pode dizer que possui o pastor que não busca levar sua igreja  a cumprir a grande comissão de Jesus?

Terceiro – amor pela sua própria igreja. A visão missionária  do pastor é bênção para a igreja. Que amor pode declarar por sua igreja o pastor que não estimula  o crescimento das suas ovelhas na visão da sua própria missão.

Em Provérbios, 11.30, lemos: “O fruto do justo é árvore da vida e o que ganha almas sábio é”.

 A maior sabedoria que um pastor pode demonstrar como elemento formador de opinião e de atitudes é ter ele mesmo uma visão profunda da sua responsabilidade missionária pessoal a fim de levar sua igreja a ser abençoada na práticade evangelismo e missões.

Visão missionária, visão espiritual e visão pastoral não se adquirem no Seminário, mas na prática de uma vida pessoal de devoção e amor a Jesus.

Então, por amor e em obediência a Cristo, vamos incentivar nossas igrejas a levar o Evangelho até os confins da Terra?


Em Provérbios, 11.30, lemos: 
“O fruto do justo é árvore  da vida e o que ganha almas sábio é”.


10 de mai de 2010

Carinhoso abraço dos que jogavam pedras... Duas léguas...

Em todo o tempo ama o amigo e para a hora da angústia 
nasce o irmão. (Provérbios 17:17)  


 
INÍCIO - Uma pedra no caminho...
 
       Há alguns anos atraz, quando chegamos no local onde trabalhamos atualmente, alguns garotos não me comprimentavam, não me davam seguer a mão  e nem seguer falavam comigo ou olhavam para mim... Era o fundo do abismo social, o final da luta, a vida acabada, sem valor algum perantes os homens... alguns deles até me chamavam por nomes que não convém escrever, tamanha a vergonha e desrrespeito os seus significados... 

Foram momentos em que me senti muito desprezados pelos moradores do local, momentos que com o passar do tempo, a graciosa graça do PAI está apagando da nosso história por aqui...


MEIO - Segunda milha...

 Durante todo o tempo em que estamos aqui, estamos fazendo novas amizades, construindo novos relacionamentos com o povo do local e claro demonstrando o amor do PAI em Cristo Jesus atravez de nossas vidas e ações..
      Algo somente só imaginável quando estávamos no Brasil. mas agora verdadeiramente praticando o amor de JESUS em ações, como aroma suave ao PAI... 
Pois tudo é para ELE e por ELE...
E em meio a este contexto esperando sempre no Senhor, para que Ele derramasse o seu precioso óleo de alegria  e felicidade nos que aqui residem e convivem o dia há dia...

 Começo do Fim... 
Carinhoso abraço dos que jogavam pedras...
      
 Domingo passado no culto dominical, chagaram na nossa abençoada e próspera igreja, algumas das crianças que antes não nos comprimentava e nem seguer olhava para nós...
Sentou se ao meu lado como quem não queria nada...
Deixei-o a vontade e senti que a cada instante ele estava mais próximo...
Esitei em falar-lhes algumas palavras amiga e mesmo comprimentar-lhe... Ele me estendeu a mão e falamos um pouquinho... foi muito emocionante, como um filme passando em minha mente dos momentos tristes e constrângentes que havia passado no inicio do trabalho há alguns anos atraz...
Com o passar do tempo ele inclinou-se sua cabeça em mim  e me abraçou, eu fiquei sem saber o que fazer... por pouco lágrimas não me vieram e a felicidade tomou conta de mim e do ambiente. Afinal de contas, somos o que somos pela graça do PAI...
Uma vida vale mais que o mundo e se conhecermos a história de vida desta pessoa... o seu valor se torna ainda maior e prazeroso.

      "Feliz é o homem que conhece o desprezo e vê os seus desprezadores se arrependerem e através do testemunho de vida, voltarem atrás de seus pensamentos e cultura para abraçar o que eles realmente estão vendo e vivendo... a verdadeira vida com o PAI"...

Pra terminar, leia esta poesia sobra o abraço...

 ABRAÇO

O valor de um abraço

Aproxime-se mais..
Tente sentir do que um abraço é capaz.
Quando bem apertado, ele ampara tristezas, combate incertezas, sustenta lágrimas, põe a nostalgia de lado.
É até capaz de diminuir o medo.
Se for cheio de ternura, ele guarda segredos, e jura cumplicidade.
Um abraço amigo de verdade divide alegrias e fica feliz em comemorar, o que quer que seja..
Abraços são pequenas orações de , de força,e energia.

Olhe para o lado:
Há sempre alguém que quer ser abraçado e não tem coragem de dizer.


4 de mai de 2010

Mais 7 jovens missionários são enviado para o Interior da AFRICA

Ocorreu no último sábado (1°) o culto de envio dos oito jovens do Radical África 7 – Projeto Voluntários Sem Fronteiras. A cerimônia foi realizada na capela do Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, na Zona Norte do Rio de Janeiro, e teve como mensageiro o Pr. Antônio Galvão – Coordenador de Missões da JMM.

Ayrton Moreira Breder, Cristina Figueira da Silveira, Keli Cristina Souza, Paula Cristina Barcelos, Thiago Dayam Batista, Valdirene Conceição, Vinícios Gama Salum e Weider Alves Pereira cantaram louvores, acompanhados por Márcia de Paula, uma das integrantes da coordenação do Projeto Radical. Eles puderam ainda relembrar com emoção os momentos vividos na Comunidade do Borel, durante o período preparatório. O testemunho foi dado pelo responsável pelo ambulatório da Jocum -- Jovens com uma Missão -- no Borel, Carlos Dantas. Ele leu a passagem de Jó 23, lembrando que esse texto fala do quanto Jó queria achar Deus. E concluiu dizendo que os Radicais encontraram Deus, através da obediência ao Senhor e do amor ao próximo.

Em sua mensagem o Pr. Galvão lembrou aos Radicais que o profeta Elias tinha que ungir várias pessoas e, em especial, alguém para o seu lugar. E que os Radicais seguem para o campo para substituir outros jovens que receberam o chamado de Deus antes deles. “Vocês substituirão outros jovens que já estiveram naquela região da África. As qualidades que vocês têm são as que Ele precisa neste momento para serem usadas naquele lugar”, disse o pastor. Ele falou ainda de intimidade com Deus, compromisso, renúncia e humildade.

Ao final do culto, Érica Lopes, da equipe de coordenação do Radical, chamou os oito jovens à frente do púlpito para receberem o símbolo que marca a primeira etapa do projeto: a aliança, que serve para lembrá-los do compromisso com Deus, com a equipe, com o povo que Deus lhes separou e com os cristãos que os sustentam em finanças e orações.

Ao final, o grupo recebeu a oração do Pr. Mark Downing que tem contribuído ao longo dos anos na formação de Radicais. Em seguida eles entoaram o louvor "Quebrantado" e depois receberam os cumprimentos de todos os presentes.

O Radical África 7 segue para o Senegal nesta quinta-feira (06), onde durante seis meses passarão por um período de imersão cultural e aprendizado do francês. Em seguida o grupo será dividido em dois: quatro integrantes para o Níger e os demais para a Guiné. Oremos para que esses jovens sejam usados por Deus naquelas nações.

3 de mai de 2010

Pregador é preso na Inglaterra por dizer que homossexualismo é pecado.

Até quando teremos que sermos humilhados
por pregarmos a palavra de DEUS!!!

da BBC Brasil
 
Um pregador britânico foi preso depois de ter dito durante sermão na rua que homossexualismo é um pecado.

Dale McAlpine foi acusado de causar "alarme, intimidação e angústia" depois que um policial comunitário ouviu o pastor batista mencionar vários "pecados" citados na Bíblia, inclusive blasfêmia, embriaguez e relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo, de acordo com o jornal britânico "The Daily Telegraph".

McAlpine, 42, prega nas ruas de Wokington, na região de Cumbria, no noroeste da Inglaterra há anos, e disse que não mencionou homossexualismo quando fazia o sermão do alto de uma pequena escada, mas admitiu ter dito a uma pessoa que passava que acreditava que a prática era contrária aos ensinamentos de Deus.


Segundo o jornal britânico "Daily Mail", o policial Sam Adams identificou-se como o agente de ligação entre a polícia e a comunidade gay e transexual e avisou o pregador, que distribuía folhetos e conversava com as pessoas nas ruas, que ele estava violando a lei. Mas ele continuou pregando e foi levado para a prisão, onde permaneceu por sete horas.

O pregador disse que o incidente foi "humilhante", segundo o "Daily Telegraph". "Eu me sinto profundamente chocado e humilhado por ter sido preso em minha própria cidade e tratado como um criminoso comum na frente de pessoas que eu conheço."

"Minha liberdade foi tolhida por rumores vindos de alguém que não gostou do que eu disse, e fui acusado usando-se uma lei que não se aplica", afirmou Dale.

O processo contra McAlpine por supostas declarações públicas contra gays ocorre semanas depois que um juiz britânico disse que não há proteção especial na lei para crenças cristãs.

O juiz decidiu favoravelmente a uma organização que demitiu um terapeuta de casais por se recusar a atender casais gays alegando que isso seria contra seus princípios cristãos.

Fonte: Folha Online - 03/05/2010