ALBÂNIA onde há perseverança há esperança...

Para os Mulçumanos que buscam...

Para os Mulsumanos que buscam... IsaalMasih.net

16 de fev de 2010

"endemoniado" PNDH-3 -Direitos de satanas, NÃO NO BRASIL!

Se voce acredita em DEUS. DIGA NÃO AO PT E A TODOS OS QUE SÃO A FAVOR DESSA DESGRAÇA QUE É O TAL  PNDH-3
 
O governo Lula/PT pratica, com a intenção de ver aprovado o "endemoniado" PNDH-3, o surgimento da verdadeira cara do PT e cia, projeto de cubanização do Brasil, socialização forçada de todo povo brasileiro, através da completa destruição dos alicerces da família, da moral, da sã linha judaico-cristã que permeou todo crescimento e desenvolvimento ocidental no decorrer de séculos e séculos.

serpente deuses
…a promessa do Presidente Lula no seu Programa Nacional de Direitos Humanos.
(Por Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz) – Adão e Eva podiam comer de todas as árvores do jardim. A única proibição era que eles decidissem por si mesmos o que é bem e o que é mal (Gn 2.16-17).
A serpente enganou o primeiro casal dizendo que a felicidade deles estaria em desobedecer a Deus. Comendo do fruto proibido, eles estariam agindo “como deuses, versados no bem e no mal” (Gn 3.5). Ser livre para satisfazer os próprios caprichos, sem se importar com as leis que o Criador inscreveu na natureza: eis a libertação do homem!
Todos nós conhecemos as tristes consequências dessa rebelião contra Deus, dessa reivindicação de uma falsa autonomia diante do Criador.
* * *
No dia 21 de dezembro de 2009, às vésperas da Solenidade do Natal do Senhor, o presidente Lula presenteou os brasileiros com o Decreto 7037/2009, que aprovou o 3º Programa Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3). Ao povo foi oferecido o direito de agir ignorando a Deus e não se importando com as leis naturais.

“Não matarás” (Ex 20.13)

Segundo Lula, seremos felizes não se respeitarmos a vida, mas se tivermos o direito de matar. Por isso o governo pretende “apoiar a aprovação do projeto de lei que descriminaliza o aborto, considerando a autonomia das mulheres para decidir sobre seus corpos” (Eixo orientador IV, diretriz 9, objetivo estratégico III ação programática g).
Usando a inverdade de que existem casos em que o aborto é “legal” no Brasil, o Estado já vem financiando sua prática em nossos hospitais. É desejo do governo “implementar mecanismos de monitoramento dos serviços de atendimento ao aborto legalmente autorizado (sic), garantindo seu cumprimento e facilidade de acesso” (Eixo Orientador IV, diretriz 17, objetivo estratégico II, ação programática g).

“Homem e mulher os criou” (Gn 1.27)

Segundo Lula, a complementaridade natural dos sexos não precisa ser respeitada. Essa lei, segundo a qual somente um homem e uma mulher podem casar-se entre si, é apelidada de “heteronormatividade”. O governo se propõe “desconstruir” essa regra, reconhecendo novas formas de família. Pretende “reconhecer e incluir nos sistemas de informação do serviço público todas as configurações familiares (sic) constituídas por lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais, com base na desconstrução da heteronormatividade (sic)” (Eixo orientador III, diretriz 10, objetivo estratégico V, ação programática d). Pretende ainda “apoiar projeto de lei que disponha sobre a união civil entre pessoas do mesmo sexo” e “promover ações voltadas à garantia do direito de adoção por casais homoafetivos” (Idem, ações programáticas b, c).
Tão grande é a autonomia proposta pelo governo, que ninguém deve ser obrigado sequer a aceitar o próprio sexo. Quem estiver insatisfeito, pode ir ao SUS a fim de fazer uma cirurgia “transexualizadora”. O decreto promete “garantir o acompanhamento multiprofissional a pessoas transexuais que fazem parte do processo transexualizador no Sistema Único de Saúde e de suas famílias” (Eixo orientador III, diretriz 7, objetivo estratégico IV, ação programática p).

“Não cometerás adultério” (Ex 20,14)

Em matéria sexual, o governo oferece a felicidade através da liberdade. Todos devem ter direito à “livre orientação sexual” (Eixo orientador III, diretriz 10, objetivo estratégico V). Não deve haver liberdade, porém, para se opor ao homossexualismo. Essa conduta, apelidada de “homofobia”, deve ser combatida pelo Estado. Para isso, o governo pretende “fomentar a criação de redes de proteção dos Direitos Humanos de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais (LGBT), principalmente a partir do apoio à implementação de Centros de Referência em Direitos Humanos de Prevenção e Combate à Homofobia (sic) e de núcleos de pesquisa e promoção da cidadania daquele segmento em universidades públicas” (Eixo orientador III, diretriz 10, objetivo estratégico V, ação programática g).
A prostituição não deve ser combatida, mas reconhecida como uma profissão. Segundo o governo, é preciso “garantir os direitos trabalhistas e previdenciários de profissionais do sexo por meio da regulamentação de sua profissão” (Eixo Orientador III, diretriz 7, objetivo estratégico VI, ação programática n). Pretende-se ainda quebrar a imagem negativa das mulheres prostitutas: “realizar campanhas e ações educativas para desconstruir os estereótipos relativos às profissionais do sexo” (Eixo orientador III, diretriz 9, objetivo estratégico III, ação programática h).

“Não roubarás” (Ex 20.15)

Um dos grandes entraves do governo petista em seu apoio às invasões de terra é a ação de reintegração de posse. Por esse meio processual, o proprietário tem restituído o direito à posse de que havia sido privado pelo invasor. O decreto do presidente Lula dá a entender que se pretende dificultar o cumprimento dessas ordens judiciais: “propor projeto de lei voltado a regulamentar o cumprimento de mandados de reintegração de posse ou correlatos, garantindo a observância do respeito aos Direitos Humanos” (Eixo orientador IV, diretriz 17, objetivo estratégico VI, ação programática b). De fato, se invadir propriedade privada é um direito humano, é lógico que o governo queira mudar a lei para garantir o exercício desse direito.

“Amarás o Senhor teu Deus” (Dt 6.4)

Se, conforme pensa o governo, Deus é inimigo do homem por cercear sua liberdade, é necessário expulsar a Deus. Por isso o decreto prevê “desenvolver mecanismos para impedir a ostentação de símbolos religiosos em estabelecimentos públicos da União” (Eixo orientador III, diretriz 10, objetivo estratégico VI ,ação programática c). A preocupação de Lula é compreensível: a presença de um crucifixo nos prédios dos Ministérios, do Congresso Nacional e dos Tribunais é incômoda para os que pretendem condenar inocentes à morte.
* * *
Como ocorreu no jardim do Éden, as promessas de Lula são ilusórias. O convite à liberdade esconde uma dura escravidão.
Se, por exemplo, são direitos humanos o aborto, o homossexualismo e a prostituição, o governo pretende punir os que ousarem falar contra esses “direitos”. O decreto prevê diversas penalidades para os meios de comunicação social que contrariarem sua ideologia: “propor a criação de marco legal regulamentando o art. 221 da Constituição, estabelecendo o respeito aos Direitos Humanos nos serviços de radiodifusão (rádio e televisão) concedidos, permitidos ou autorizados, como condição para sua outorga e renovação, prevendo penalidades administrativas como advertência, multa, suspensão da programação e cassação, de acordo com a gravidade das violações praticadas” (Eixo Orientador V, diretriz 22, objetivo estratégico I, ação programática a).
Como se vê, estamos às portas de uma ditadura.

Quem assinou o decreto?

O decreto 7037/2009 traz a assinatura do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de seus ministros. Entre eles figura Dilma Rousseff, pré-candidata do PT à presidência da República.

Conclusão de tudo isso: um cristão não pode votar no Partido dos Trabalhadores.

Anápolis, 11 de fevereiro de 2010

Pe. Luiz Carlos Lodi da Cruz
Presidente do Pró-Vida de Anápolis

15 de fev de 2010

Como podemos saber se Jesus é o Messias?

A palavra “Messias” significa “Ungido”, nome dado ao Libertador prometido que viria algum dia ao povo de Israel como seu grande Salvador, Redentor, “ungido” como Profeta, Sacerdote e Rei da parte de Deus. Alguns, é claro, ainda aguardam o cumprimento dessas promessas do Velho Testamento para o futuro, quando o “Messias” virá estabelecer um reino mundial de paz e justiça, tendo como centro a nação escolhida, Israel. Por outro lado, o grupo de crentes judeus que se tornou o fundador do Cristianismo estava convicto de que Jesus de Nazaré era o seu Messias prometido. O nome “Cristo” é o equivalente em grego da palavra “Messias”, assim, o nome Jesus Cristo significa "Jesus, o Messias" ou "Jesus, o Ungido." Eles pregaram esta verdade com tal convicção e poder que não só muitos judeus, mas, mais tarde, um número ainda maior de gentios
(não-judeus),veio a crer em Jesus como o Cristo, Senhor e Salvador de todos os homens.

Na verdade, eles tinham uma boa razão para sua fé: as profecias messiânicas do Velho Testamento somente poderiam ser cumpridas na pessoa de Jesus Cristo. Existem centenas destas profecias, para que a possibilidade de convergência acidental para qualquer homem comum seja completamente descartada pelas leis da probabilidade.

Algumas das profecias são tão restritas, na verdade, como para excluir o seu cumprimento por qualquer um que viva após o primeiro século da era cristã. Por exemplo, o patriarca Jacó disse, em Gênesis 49:10: "O cetro não se arredará de Judá, nem o bastão de entre seus pés, até que venha Siló". O nome Siló é um título messiânico, e a profecia diz que a tribo de Judá permaneceria liderando as tribos de Israel, especialmente fornecendo seus reis, até que viesse o Messias. A profecia deveria ter sido cumprida antes da destruição de Judá e de Jerusalém, em 70 DC. Nessa época, certamente, toda aparência externa de um cetro tinha se apartado de Judá.

Da mesma forma a promessa foi dada ao rei Davi, de que o Messias deveria ser um dos seus descendentes, como o Rei eterno, aquele de quem Deus disse: "eu estabelecerei para sempre o trono do seu reino" (II Samuel 7:13). Isaias disse, "então brotará um rebento do tronco de Jessé (que é o pai do rei Davi), e das suas raízes um renovo frutificará " (Isaías 11:1). Este é mais um título do Messias, e indica que, ainda que a árvore da família de Jessé fosse cortada, um Renovo surgiria das raízes. Evidentemente, o último desta linhagem que poderia ser reconhecido como pertencente a ela, provaria ser o verdadeiro Messias!

Isso se cumpriu somente em Jesus. Seu pai legal, José, era da descendência real de Davi e, por isso, detinha o direito ao trono (Mateus 1:1-16). Maria, sua mãe, também era descendente de Davi, como vemos em sua genealogia, em Luke 3:23-31. Mas após a época de Jesus, seria impossível estabelecer a linhagem legal e biológica de qualquer candidato ao trono de Davi, pois todos os antigos registros genealógicos logo depois foram destruídos.
Uma profecia ainda mais impressionante é dada em Daniel 9:24-27. Lá é dito a Daniel, abertamente, que o Messias viria 69 semanas (que são 69 anos sabáticos - um total de 483 anos) depois de ser dado o decreto para a reconstrução de Jerusalém que, naquela época, estava em ruínas, pois o Rei da Babilônia Nabucodonosor a destruiu.

Tal decreto foi promulgado mais tarde pelo imperador persa. A data final da profecia deve ter sido em algum momento do primeiro século D.C. Na verdade, deve ter sido antes da destruição da cidade e do templo pelos romanos, em 70 D.C., pois a profecia disse claramente: "Depois (dos 483 anos)... será morto o Ungido e já não estará; e o povo de um príncipe que há de vir destruirá a cidade e o santuário" (Daniel 9:26). Não só deveria o Messias vir antes desta destruição, mas Ele também seria “cortado,” rejeitado e morto, antes que ela viesse.
É óbvio que ninguém, além de Jesus, poderia ter cumprido estas profecias. As profecias tornam totalmente impossível qualquer futuro Messias, senão que essa mesma esperança também encontrará o seu cumprimento na segunda vinda de Cristo.

E é claro que existem ainda centenas de outras profecias, todas das quais foram cumpridas por Jesus Cristo: Seu nascimento virginal (Isaías 7:14); seu nascimento em Belém (Miquéias 5:2); sua morte sacrificial (Isaías 53:5); sua morte na cruz (Salmo 22:14-18); sua ressurreição corporal (Salmo 16:10) e muitas outras. Todas unânimes em seu testemunho de que "Jesus é o Cristo, o Filho de Deus" (João 20:31).

A probabilidade de que centenas dessas profecias específicas, cada uma independente umas das outras, pudessem ser totalmente cumpridas concomitantemente numa só pessoa, apresenta o mais alto grau de improbabilidade, levando-se em conta, especialmente, a natureza milagrosa de muitas delas (p.ex.: o nascimento virginal, a ressurreição, etc.). Nenhuma outra conclusão racional parece ser possível; exceto a de que Jesus é tudo o que Ele afirma ser - Messias, Salvador, Senhor e Deus.

Caro amigo do mundo mulçumano, se voce estiver interessado em conhecer mais sobre o MESSIAS ou ISA, deixe seu comentario e falaremos mais.

13 de fev de 2010

EU TAMBÉM SOU UM ESCULTOR




Toda vez que leio o relato da escultura do bezerro de ouro (Êxodo 32), fico irritado com Arão, que não mostrou nenhum arrependimento. Como ele pôde fazer uma coisa dessa, enquanto seu irmão recebia as tábuas do amor no alto do monte? Eu fico chateado com aquele povo, desrespeitoso com Moisés, pronto a ofertar suas joias preciosas, para ter um deus em que pudesse tocar.
No entanto: tenho este direito à indignação, se tambem edifico meus altares e ponho nele meus bezerros de ouro?
Somos capazes de esculpir bezerros de ouro e, pior, somos capazes de ignorar ou eliminar (se pudermos) aqueles que nos advertem do nosso pecado.
Desejo-lhe um
BOM DIA.
Israel Belo de Azevedo

11 de fev de 2010

Plantação das nossas igrejas aqui nos Balkâns.

Queridos irmãos, amigos e mantenedores, graça e paz...
Que alegria em poder escrever mais este informativo aos amados. Minha opração para este momento para todos os albaneses é :


"Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto" Isaías 55:6


"Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo" Romanos 14:17

Estamos verdadeiramente alegres com o que o Senhor dos Exercítos tem feito por aqui nestes confins. Estamos trabalhando incansávelmenet dia ha dia para a plantação das nossas igrejas aqui nos Balkâns.


As temperaturas este ano estão tremendamente abaixo de zero, mais que o normal.
IGREJA EM BATHORE (Uma cidadezinha perto da Capital Tirana)
      Estamos crescendo em muitas áreas, principalmente na palavra de DEUS. O número de crentes tem aumentado e estamos nos preparando para fazer um grande batismo no ano que vem assim que o inverno passar.
      No último culto, quando fizemos a Santa Ceia, explicamos a todos quem poderia ou não ceiar... perguntei quantos já haviam se batizado... e num momento inesperado uma das recem convertidas ficou de pé e falou:
_ Pastor, aqui todos somos ex mulçulamos, como seriamos batizados...
      Isso me fez "viajar" por alguns estantes sobre como foi o início de tudo ha alguns anos atraz. Verdadeiramente se olharmos para traz e vermos o quanto Deus já fez por nós por aqui. Foi um momento muito especial, ver que nossa igreja é formada por ex-muçulmanos, ainda que em sua maioria mulheres, não importa. "Filhinhos, sois de Deus, e já os tendes vencido; porque maior é o que está em vós do que o que está no mundo".
(I João 4:4).
     

ADOLESCENTES
- Nossos adolescentes também tem aumentado o numero e com isso também tem aumentado os momentos de muito trabalho e as vezes converças francas para ensina-los como se portar em uma reunião e igreja. Alguns dão mais trabalho que jovens em casa de recuparação de drogados, porem Deus tem nos dado a alegria de juntos podermos caminharmos cada segunda milha uns com os outros.
    
TRABALHO COM MULHERES
  -  A Henriqueta tem feito vários cursos sobre artezanatos, cozinha etc, como sempre as mulheres do local tem amado suas invenções e maneira de trabalho, sempre tem chegado novas mulheres através deste tipo de evangelismo. É uma maneira de falar do amor de JESUS atravéz de trabaljhos manuais. Sempre estamos fazendo discipulados sistemáticos am cada casa de cada crente da igreja, com isso o numero de pessoas se firmando no Senhor tem aumentado.

IGREJA NO SUL DA ALBÂNIA  -  ( Tepelena ), Iniciamos os trabalhos no sul da ALBÂNIA, com um casal missionário da Terra, os dois estão se dedicando em tempo integral na obra do Senhor por ali.
Fazemos uma vizita mensal onde nos reunimos em um local emprestado ou em algum café.
Semanalmente a igreja em Tepelena tem se reunido as terças, quintas e domingos com trabalhos somente com homens e  mulheres, estamos orando para conseguirmos um local onde venhamos a começar  a trabalahar com as crianças e os filhos dos crentes do local.
      Uma questão que nos esta chamando a atenção, é o numero de homens que já estão frequentando as reuniões semanais, somos 15 homens e em sua maioria casados e que querem que seus filhos também participem dos cultos. Na ultima reuniãos, o local que estamos reunidos (casa de um dos crentes) já estava superlotada. Estamos precisando de um local maior para nos reunirmos.

TESTEMUNHO -  EM TEPELENA, havia uma mulher que após o parto de sua filha, ela ficou paralizada sem poder mais se mover do pescoça para baixo e também ficou muda sem poder falar mais. Como consegquencia, sua filha morreu com apenas 3 meses de idade e a mão sem poder andar e falar mais. Os irmãos da igreja de Tepelena, começaram a fazer vizitas em sua casa e a lhes falar do amor de JESUS e ajudar materialmente com alimento e fazer orações em seu favor... Hoje a mulher foi CURADA e já esta andando e falando quase que normalmente, reaprendendo a andar e falar novamente. Deus é fiel. Todos na cidade conheciam a história da mulher paralitica após o parto... e logo logo, eles vão ficar sabendo do testemunho do poder de JESUS na vida de quem o aceita como salvador. Aleluias!

MOTIVOS DE ORAÇÃO:
# Pelo crescimento das nossas igreja com sabedoria e na palavra do Senhor.
# Por nossa saúde Física, Emocional e Espiritual, precisamos muito de suas orações por saude
# Pela vida da nossa Filha Emanuelle, que tem passado por algumas dificuldades na Escola e na área emocional. (saudades dos parentes, amigos do Brasil, professoras etc..)
# Pelos adolescentes da Igreja de bathore, por disciplina e comportamento melhor na Igreja.
# Para que o Senhor começe a dar sonhos aos mulçumanos sobre JESUS. Para que possamos falar do amor de Jesus a cada um deles.

EM cristo e no amor de sua cruz... a quem servimos amamos com alegria e prazer...

9 de fev de 2010

Senador diz que programa de direitos humanos cria império homossexual no Brasil

Agência Senado
O senador Magno Malta (PR-ES) afirmou que irá criar uma Frente Parlamentar contra o decreto presidencial que criou o Programa Nacional de Direitos Humanos. Para o parlamentar, o decreto — assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva no final do ano passado — “enaltece o projeto de lei 122”, em tramitação na Câmara, que, em sua opinião, “cria um império homossexual no Brasil”.
Em pronunciamento nesta quinta-feira (4), o senador afirmou… que a frente terá a maioria dos parlamentares tanto do Senado Federal quanto da Câmara dos Deputados e que o PL 122 “irá morrer nesta Casa”.
Magno Malta informou que a Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado aprovou nesta quinta-feira requerimento de sua autoria para a realização de uma audiência pública sobre a matéria. Segundo o parlamentar, serão convidados representantes “da sociedade islâmica, da sociedade espírita, da sociedade judaica, das religiões afro-brasileiras e também católicos, evangélicos, ateus e intelectuais”.
O senador afirmou que não tem nada contra os homossexuais, que respeita muito, mas disse não poder permitir a aprovação de um projeto inconstitucional. Afirmou que a Constituição, no parágrafo 3º de sue artigo 226, estabelece que a união estável é aquela realizada “entre um homem e uma mulher”.
“Não sou homofóbico”, declarou o parlamentar, para quem “o Brasil precisa de uma grande campanha de educação e respeito nessa e em outras questões”.
Divulgação: www.juliosevero.com
Leia mais:
Magno Malta e Marcelo Crivella dão apoio a uma das piores ditaduras do continente americano

3 de fev de 2010

Sete amigos universitários transformam a Inglaterra, a China e o mundo em seis semanas.

  C.T. Studd, M. Beauchamp, S.P. Smith,
A.T. Polhill-Turner, D.E. Hoste, C.H. Polhill-Turner, W.W. Cassels  

Sete amigos universitários transformam a Inglaterra, a China e o mundo em seis semanas.

“Nunca antes na história das missões um grupo tão singular seguiu para o trabalho no campo estrangeiro”, foi a notícia que correu a Inglaterra em fevereiro de 1885: os sete estudantes de Cambridge estavam seguindo adiante para a missão na China, deixando atrás de si uma multidão de universitários em chamas.

O reavivamento:
Neste fim do século 19, a Inglaterra estava cheia de gente que se chama cristã, mas a poucos deles poderíamos chamar assim. Stanley Smith era um desses jovens que só se chamavam cristãos, assim como os outros seis, mas que foram tremendamente impactados pelo passeio do Espírito por aquelas paragens.
Em 1879, quando Stanley entrou em Cambridge, já tinha entregado sua vida verdadeiramente a Cristo em umas das pregações de Dwight Moody, um dos maiores evangelistas leigos americanos da passagem do século, que estava fazendo algumas cruzadas evangelísticas pela Inglaterra. Stanley e seu amigo inseparável desde seu antigo colégio, Montangue Beauchamp (Monty), eram excelentes esportistas do time de remo da Universidade. O esporte, por isso, tomou lugar nas preferências dos jovens. Cristo só veio a fazer diferença novamente quando Stanley passou a participar do Daily Prayer Meeting, na faculdade, uma espécie de ABU inglesa, e o remo deixou novamente de ser preferência na vida do estudante.
Embora Monty se dissesse cristão, Stanley gostaria que o amigo passasse por aquela transformação que tinha passado ao participar dos grupos de oração. Stanley comprometeu-se a orar 15 minutos por dia pela vida do amigo, que se entregou a Cristo verdadeiramente em outubro de 1881. Curiosamente, a família de Monty era amiga e patrocinadora do grande missionário para a China, Hudson Taylor.
O irmão de Dixon Hoste também era jogador de Remo na mesma Universidade e muito amigo de Stanley. Ambos oravam pela vida dele, pois ainda não havia se convertido. O jovem Hoste tinha uma patente de oficial de artilharia do exército real britânico. No inverno de 1882, Stanley levou Dixon Hoste a uma das cruzadas de Moody. Ele foi insistente, pois o jovem Hoste não queria ir. Na última noite, ele rendeu-se e foi à pregação do americano. Lá, ele entregou sua vida a Cristo e decidiu largar o posto militar para ser um missionário.
William Cassels estudava para ser pastor e era jogador do mesmo time de Stanley. Quando ele passou a freqüentar os grupos de oração, Cassels e ele aproximaram-se mais e oravam juntos no Campus.
Os irmãos Arthur e Cecil Phollil-Thurner eram jogadores fora de série de cricket, um jogo que não é muito conhecido por aqui, mas que na época, na Inglaterra, era muito popular. O irmão de Charles Studd, amigo de Stanley e freqüentador do grupo de oração, convidou Arthur para assistir a uma pregação de Moody. Arthur converteu-se a Cristo naquele dia, e empenhou-se em levar o irmão Cecil a Cristo. Fez o irmão prometer que leria pelo menos dois versículos da Bíblia por dia. Cecil cumpriu e não resistiu à força da oração do irmão e da Palavra de Deus.
Charles Thomas Studd (C.T), foi o mais notável missionário do grupo e certamente sua historia merece um texto a parte. Mas não somente como missionário, já em Cambridge, antes mesmo de se converter, C.T destacou-se, apesar de seu corpo não muito atlético, no jogo de crícket, tornando-se não só o melhor jogador da Universidade, mas foi considerado o maior jogador da Inglaterra. C.T era o Kaká da Inglaterra! No entanto, embora C.T tenha participado das reuniões de oração no seu colegial, na Universidade tinha deixado de participar. Em novembro de 1883, no entanto, seu irmão caiu em grave doença e caminhava para a morte. Quase tão famoso quanto ele, Studd percebeu que, diante da morte, fama e prestígio não valiam de nada. Impactado por aquela doença do irmão, foi ouvir uma pregação de Moody e entregou sua vida a Cristo.

Após estas conversões, estes estudantes testemunharam sua história diante de seus conhecidos, e sua fama, carisma e talento causou um tremendo impacto na Universidade. Stanley e Monty montaram um grupo de estudo bíblico com o time de remo e oravam pela conversão de todos. Dixon, deixando o exército, falou de Jesus a todos os seus parentes. William tornou-se pastor de uma igreja local, Arthur foi para um seminário e C.T, através de sua fama, falou sobre Jesus Cristo a muitos jogadores.

O comissionamento:

Monty também tinha se tornado um seminarista e estava muito próximo de Arthur, por isso oravam e estudavam a Bíblia juntos. Arthur foi o primeiro a ouvir de Deus um chamado para a China. Em 1883, Stanley, Monty e Arthur formavam o protótipo do Cambridge Seven, pregando e falando de missões pela Universidade.
Dixon, já se preparando para o trabalho missionário, foi o segundo a ser chamado por Deus para ir à China. Stanley foi o terceiro, ao entrar em contato pessoalmente com Hudson Taylor, o famoso missionário fundador da Missão para o Interior da China.
O jovem Stanley, o mais persuasivo e entusiasta do grupo, foi procurar William, que se preparava para o trabalho missionário na África. O carisma do amigo foi tão forte que William decidiu também ser um missionário para a China.
Em setembro de 1884, Stanley, Dixon e William foram até a missão de Hudson Taylor para se candidatarem oficialmente como missionários.
Em novembro deste mesmo ano, Stanley convidou C.T para uma pregação de um missionário que retornava da China. O jovem jogador de crícket foi confrontado com o desafio de ser enviado ao país como missionário, aceitando-o prontamente.
Monty, no entanto, que havia ajudado Stanley a convencer C.T, e que participava de tudo sem muito envolvimento, foi profundamente tocado pelo envolvimento de C.T, e por isso, também se candidatou à missão.
Por causa da decisão de C.T., a viagem dos 3, agora 5, foi postergada, já nos propósitos de Deus. Enquanto isso, Stanley, C.T, Monty, William e Hoste testemunhavam sua decisão aos colegas na Universidade, e desta forma, impactavam os estudantes de Cambridge. Certa vez, junto a Hudson Taylor, os 5 deram vários testemunhos na Universidade, e ao fazerem um apelo, somente um estudante atendeu: Arthur Phollil-Thurner.
Cecil Phollil-Thurner, neste tempo, já estava por demais constrangido, por ele mesmo ter sido um dos que tinha encorajado C.T ao trabalho missionário, ele mesmo ainda não havia se comprometido. Em janeiro de 1885, os irmãos Turner vão juntos até Hudson Taylor e oferecerem-se para o trabalho na China.
Agora, a Missão para o Interior da China possuía sete jovens candidatos que deveriam divulgar seu trabalho pela Inglaterra e pela Escócia. Nas seis semanas seguintes que antecederam a viagem, os sete visitaram muitas cidades e Universidades, onde impactavam por onde passavam a vida de estudantes. Foi neste período que ganharam o apelido de Cambridge Seven.
“Nunca antes na história das missões um grupo tão singular seguiu para o trabalho no campo estrangeiro”, foi a notícia que correu a Inglaterra em fevereiro de 1885: os sete estudantes de Cambridge estavam seguindo adiante para a missão na China, deixando atrás de si uma multidão de universitários em chamas. Em 18 de março de 1885, o grupo inusitado chega em Shangai.

O impacto entre os estudantes da Inglaterra, Escócia e Estados Unidos:

Todos os sete, especialmente C.T, eram jovens muito ricos da Inglaterra. Calcula-se que C.T. tenha herdado cerca de meio milhão de dólares atuais. Além disso, eram extremamente talentosos e inteligentes. Muitos em sua época consideraram o ato um grande desperdício de talentos. Porém, maior que o impacto que estes jovens causaram na China, foi o seu testemunho entre os estudantes. O folheto com seus testemunhos, “The Evangelisation of the World: The Cambridge Seven” se tornou um Best seller nas universidades e chegou às mãos da Rainha Vitória. A Missão Para o Interior da China, em 1885, ano que os jovens fizeram o trabalho, recebeu 168 novos missionários, passando para 800 em 1900, representando um terço da força missionária da Inglaterra.
O folheto e a história do grupo chegou aos EUA influenciando muitos estudantes, especialmente Robert Wilder, que foi um dos estudantes a liderar o maior avivamento estudantil que ergueu a mais impactante onda missionária da história cristã, o Movimento de Estudantes Voluntários.

Fontes:
TUCKER, Ruth A. Até os confins da terra. Vida Nova, SP.
WINTER, Ralph D. e HAWTHORNE, Steven C. Missões Transculturais: uma perspectiva histórica.
WONG, Anthony B. The Cambridge Seven. Link: http://www.wholesomewords.org/missions/mscambridge7.html
Wikipédia inglesa.

1 de fev de 2010

Tempo de APOSTASIA!

Sim, este é tempo de apostasia.

Uma grande multidão dos discípulos de Jesus está deixando a sua fé genuína e pura, para adotar um estilo de vida de conformismo com o mundo, perdendo o temor de Deus.
Muitos tocaram o evangelho de "negar-se a si mesmo e tomar a sua cruz e seguir a Cristo", por um outro evangelho de busca das vantagens da vida, de construir os seus próprios impérios, perpetuar o seu nome.
E, nesta hora, devemos lembrar o nome de dois pregadores americanos que tiveram a ousadia de diagnosticar o estado da Igreja Brasileira: Landa Cope, uma americana chamou a igreja brasileira de "igreja Morna". Disse ela: "Vocês são mornos!!!Adotaram estilo fácil de se viver o evangelho", em outras palavras, um evangelho light.
E, o outro nome é o nome de John Bevere que também desafiou a Igreja Brasileira declarando que: "Deus não está aqui. Ele está ausente"! "Vocês, como igreja brasileira, não estão em busca da verdadeira presença de Deus!!" Que atrevimento santo!! Que ousadia santa!! Era isto que nós deveríamos ouvir e sermos chocados e quebrantados, de verdade.
É bem provável que muitos dos que os ouviram se ofenderam. Pois, estamos acostumados a ouvir os pregadores internacionais amaciarem o nosso ego, declarando que o avivamento já começou no Brasil.
Que avivamento é esse, onde não se vê o verdadeiro quebrantamento e arrependimento do povo de Deus? Que avivamento é esse, onde muitos da liderança da Igreja estão envolvidos com escândalos e mais escândalos, que fazem corar de vergonha os ímpios?
Que avivamento é esse, onde líderes que se dizem discípulos daqueles que morreu na cruz, numa morte mais ignominiosa, fazendo aliança com grupos que adoram o Inimigo? Aqueles, que vendem as suas denominações que lideram, para partidos políticos que claramente trabalham para eliminar sobre a face da terra, a pregação do Evangelho de Jesus, por um prato de lentilha? Ainda ouvimos o clamor do sangue dos mártires da Rússia, do Vietnan, da China, do Camboja, de Cuba e de toda ex-Europa Oriental!!
Sem dizer daqueles cujas vidas pessoais negam totalmente a verdade do evangelho. Aliás, adotaram o evangelho que permitem embriaguez por bebidas, uso de drogas, prostituição, pois aceitam serem servidos por prostitutas nas casas de saunas e hotéis particulares, depois das pregações?
Sem deixar de mencionar líderes que não foram libertos da prática de perversões sexuais, na modalidade não só de adultério, prostituição, mas também de homossexualismo e da pedofilia? Sem contar aqueles líderes que se formaram na escola "da prosperidade a todo custo, selvagem" para explorar as ovelhas enviadas por Deus, para tirar o seu couro, através das ofertas e dízimos, como expressão da sua ganância?
Este é o tempo da apostasia, onde muitos dos líderes estão pensando na sua vantagem pessoal e as ovelhas estão, tentando se livrar da dor que este mundo cruel e longe de Deus provoca. Há muitas delas atrás de auto ajuda, pois não suportam o sofrimento infligido pelo pecado. Tanto um como outro se apresenta com uma forma de piedade, mas nega o verdadeiro poder de Deus, pois vive, apenas um cristianismo de fachada!!
A apostasia identificada nos dias de hoje é esta: todos nós continuamos a freqüentar a igreja, conservamos a aparência da religiosidade, mas negamos a fé verdadeira e o poder de Deus. Por isto, como já alguém comentou: "Se o Espírito Santo for retirado, 70% ( setenta por cento) da povo que se considera da Igreja, continuaria vivendo, nas suas congregações, como nada tivesse acontecido."

Diante deste quadro, há muitos que fazem do clamor desesperador de Habacuque, a sua oração: "Até quando, Senhor, clamarei por socorro, sem que tu ouças? Até quando gritarei a ti: "Violência!", sem que tragas salvação? Por que me fazes ver a injustiça, e contemplar a maldade, no meio dos que dizem ser teu povo? A destruição e a violência estão diante de mim; há luta e conflitos por todo o lado"Por isso a lei a tua Palavra se enfraquece e a justiça, aparentemente nunca prevalece, no meio do teu povo. Os ímpios, travestidos de lobos e servos de Deus, prejudicam os justos, e assim a justiça é pervertida."
 
      A sociedade que tanto condenamos e criticamos, é o reflexo do que acontece no meio do povo de Deus, em nosso meio. Por isto, devemos ter um arrependimento genuíno e quebrantamento sincero.
      Ao ouvirmos e vermos tantas eresias no meio do povo chamado de Deus, não podemos nos desanimarmos e sempre caminharmos rumo a PALAVRA GENIUNA DE DEUS... a Bíblia sagrada.
      Nela encontramos a pureza, e genuidade do poder verdadeiro do PAI.
      Minha oração é que a cada dia possamos gastar mais tempo com o nosso Senhor, o Senhor da Seara e fazermos o melhor para ELE , a fim de que todas as nações cheguem ao pleno conhecimento do Seu verdadeiro amor e misericórdia.
      Perder o amor jamais, alcançarmos os não alcançados... sempre...