ALBÂNIA onde há perseverança há esperança...

Para os Muçulmanos que buscam...

Para os Mulsumanos que buscam... IsaalMasih.net

20 de out de 2009

Por que tantas pessoas devem ouvir o Evangelho repetidas vezes, enquanto há outras que jamais o ouviram?



Por que tantas pessoas devem ouvir o Evangelho repetidas vezes, enquanto há outras que jamais o ouviram? Em geral, não é nossa própria decisão viver em um país onde o Evangelho é pregado livremente e há Bíblias facilmente disponíveis. Mas não esqueçam: grande privilégio acarreta grande responsabilidade. Você já parou para pensar em que estado você se encontraria se sua posição fosse trocada pela de um muçulmano(a)? Suponha que você tenha nascido em alguma vila isolada na Turquia, no Irã ou na Arábia Saudita. Quanto você esperaria para conhecer a respeito de Nosso Senhor Jesus Cristo? Provavelmente, saberia muito pouco ou nada a Seu respeito. E por quê? Porque, em países como o nosso, há muitos cristãos levando uma boa vida, importando-se com o progresso, com o ganho financeiro e uma aposentadoria confortável. Pessoas que vivem como se este mundo material fosse o mundo verdadeiro, não guardando tesouros no céu. Que nós possamos nos arrepender e obedecer ao comando do Senhor Jesus para levar o Evangelho a toda criatura, incluindo o mais de um bilhão de muçulmanos.

8 de out de 2009

DASMA, CASAMENTO ALBANÊS....

Hoje participei de um casamento aqui na ALBANIA..

Muito me impreciona a forma e costumes tradicional milenar que acompanha este abençoado povo... POVO SHQIPITAR (povo albanês).

Ao chegar no local  (casa da noiva) fomos todos muito bem recebidos pelos familiares da mesma. Observação!!! Eles fazem festa separadamente. Na casa da noiva e na casa do noivo simultaneamente durante todas as noites  da semana que antecede o casório...
Após sermos super bem recebidos pelos familiares, e beijarmos todos os homens ali presentes rsrsr, nos separaram homem para um lado e as mulheres para outro lado...
Me ofereceram cigarro (tradição na Albânia colocada pelos otomanos..., obviamente recusei...) depois me trouceram uma chícara de café e uma taça de "rraki" (cachaça pura de uva...) que também não fui obrigado a tomar...
Cada gesto tem um signioficado nesta cultura..
Ao me ofereceram cigarro,  estão dizendo que somos adultos e temos responsabiliade, e ao nos oferecerem o tal famoso "rraki", estão oferecendo algo que eles mesmo produziram e fizeram como de tradição...
Bom, depois começou algumas músicas bem altas e ao vivo ao estilo do norte do país...
Homens e mulheres dançam a vontade juntos demosntrando alegria e felicidade pelo casamento...
O melhor estava por vir rsrsrsr...
Dado um momento, todos os homens casados entraram dentro da casa, em uma sala  grande com tapetes por todos os lados e principlamnet no chão e ali fizemos alguns comprimentos e depois nos foi servido um prato de salada, carne, legumes, conservas, pão etc... depois de comermos muito, me ofereceram a cabeça de um carneiro assado, metade para mim e a outra metade para o patriarca da família...
Aqui na ALBANIA, quando se faz isso significa que o vizitante mais ilustre é aceito como se fosse parte da família. rsrsr no caso eu srsrr...
Foi muito bom e comermos muito... derrepente entram com mais um prato cheio de carne do carneiro, e depois outro prato de sopa, depois um prato de sobremesa e depois outra sobremesa etc...
UFAAAA...
Não aguentava mais comer,  quando me falaramn que eu tinha que comer a cabeça todinha rsrsrsr...
Bom Ficamos algumas horas nesse terceiro dia de casamento...
Imagino como será daqui ha 2 dias quando será a oficialização do casório em um local bem grande com todos os convidados ..
Abraços..

7 de out de 2009

Informe publicitário assinado pelo Associação Vitória em Cristo / CIMEB - Conselho de Pastores do Brasil. (Veiculado nos principais e maiores jornai

Informe publicitário assinado pelo Associação Vitória em Cristo / CIMEB - Conselho de Pastores do Brasil.


(Veiculado nos principais e maiores jornais e revista do País em 25 de agosto de 2009).

O Governo brasileiro enviou à Câmara dos Deputados a mensagem 134/2009 que reconhece o estatuto jurídico da Igreja Católica. Após a mensagem ser apreciada em uma das comissões para a qual foi enviada, seja aprovada ou não, transforma-se em projeto de decreto legislativo, recebendo o nº 1736/2009. No plenário da Câmara, a pedido dos líderes partidários, foi aprovada a caráter de apreciação urgente, urgentíssimo.

Com muito respeito aos senhores deputados, será que não existe matérias mais relevantes a serem discutidas de maneira urgente em benefício de todo o povo brasileiro? Isto é um absurdo! Na verdade, este acordo beneficia a Igreja Católica na evangelização do povo brasileiro nos diversos segmentos da sociedade, incluindo hospitais, escola e forças armadas.

O mais grave é que este acordo contraria o inciso 1º, do artigo 19, da Constituição Brasileira, que diz: "É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios: I - Estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relação de dependência ou aliança, ressalvadas na forma da lei, a colaboração de interesse público".

A nossa nação não pode firmar aliança com qualquer credo religioso, ferindo o princípio da laicidade, inclusive com a quebra da isonomia nacional! Aproximadamente 70 milhões de brasileiros, que não são católicos, estão sendo discriminados. Temos a convicção de que a maioria do povo católico não concorda com um absurdo dessa grandeza, porque são pessoas democráticas.

Com a aprovação deste acordo ficará a Santa Sé, por meio da CNBB, com plenas condições de fechar acordos com o governo brasileiro, sem que jamais tenham de passar pelo Congresso Nacional. É um verdadeiro "CHEQUE EM BRANCO" para a Igreja Católica. Isto é uma vergonha!

Senhores deputados, não aprovem este acordo. Fiquem certos de que não mediremos esforços para informar a todos os credos religiosos quem são os deputados que votaram a favor deste acordo discriminatório.

Estendemos o eco da voz deste manifesto ao Senado da República, próxima casa legislativa que terá de apreciar o resultado apurado pela Câmara dos Deputados.

Tenham a absoluta certeza de não temos memória curta e que vamos pensar muito bem em quem vamos votar nas próximas eleições para Deputado Federal, Senador e Presidente da República.

EM FAVOR DO ESTADO LAICO, DIGA NÃO AO PDC 1736/2009.

E.A.G.

[Reproduza este artigo em seu blog ou site etc, divulgue e denuncie este descalabro de todas as formas possíveis]