ALBÂNIA onde há perseverança há esperança...

Para os Mulçumanos que buscam...

Para os Mulsumanos que buscam... IsaalMasih.net

6 de jul de 2008

O Prazer de Dar



Por Robert J. Tamasy

Por alguma razão os “reality shows” conquistaram a programação televisiva. Em lugar de apresentações com roteiro ensaiado, as redes de TV cada vez mais buscam dramas e competições da vida real para preencher sua programação. Sem avaliar os prós e contras dessa tendência, o que tem atraído o meu interesse é a ênfase em dar e ajudar os menos favorecidos e que é o foco de diversos programas populares.

Um deles apresenta semanalmente um projeto para construção de uma casa para família necessitada. Um outro desafia homens e mulheres a desenvolverem estratégias para as necessidades de causas que valham a pena e ambos apresentam famílias e indivíduos oprimidos. Ao ouvir a variedade de histórias de infortúnio, sentimos nossa sensibilidade levada ao máximo. Por que será que sentimos alegria diante do esforço para tirar pessoas necessitadas de situações desesperadoras?

Creio que seja pelo fato de todos nós, no íntimo, termos necessidade de dar, de servir outras pessoas, numa tentativa de exercer impacto positivo em outras vidas, através de uma forma tangível de dar. Pode também envolver a dádiva de sabedoria ou conhecimento, com conselhos, encorajamento ou informação. Pode ainda, se dar pelo investimento de tempo para mentorear os mais jovens e menos experientes, como tenho feito há anos. Mas a pergunta permanece: Qual a razão do prazer de dar?

A Bíblia diz que somos criação de Deus. Compartilhamos traços de Sua personalidade e de Suas características. Uma delas é a generosidade, o desejo de dar em favor de outros. Um versículo muito conhecido afirma: “Deus tanto amou o mundo, que deu o Seu Filho Unigênito (Jesus), para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3.16).

A natureza generosa de Deus está expressa em outras passagens das Escrituras. Mateus 7.7-11 afirma: “Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta. Pois, todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta. Qual de vocês, se seu filho pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou se pedir peixe, lhe dará uma cobra? Se vocês, apesar de serem maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, quanto mais o Pai de vocês, que está nos céus, dará coisas boas aos que Lhe pedirem!”

Em conversa com Seus seguidores Jesus enfatizou:“Vocês receberam de graça; dêem também de graça” (Mateus 10.8). Ele também chamou atenção para a responsabilidade do beneficiário: “A quem muito foi dado, muito será exigido; e a quem muito foi confiado, muito mais será pedido” (Lucas 12.48).

Todos lutamos contra o egocentrismo, tendência para o egoísmo crônico. Mas por sermos criados à imagem de Deus, deixamos de concentrar tempo bastante em nós mesmos, para podermos auxiliar outras pessoas.

O que será que podemos fazer hoje no trabalho, em casa ou em nossa comunidade, para dar em benefício de outros?


Texto de Robert J. Tamasy, vice-presidente de comunicações da Leaders Legacy, corporação beneficente com sede em Atlanta. Georgia, USA. Com mais de 30 anos de trabalho como jornalista, é co-autor e editor de nove livros.Tradução de Mércia Padovani. Revisão e adaptação de J. Sergio Fortes (fortes@cbmc.org.com)


MANÁ DA SEGUNDA® é uma refelxão semanal do CBMC - Conecting Business and Marketplace to Christ, organização mundial, sem fins lucrativos e vínculo religioso, fundada em 1930, com o propósito de compartilhar o Evangelho de Jesus Cristo com a comunidade profissional e empresarial. © 2008 - DIREITOS RESERVADOS PARA CBMC BRASIL - E-mail: liong@cbmc.org.br -Desejável distribuição gratuita na íntegra. Reprodução requer prévia autorização. Disponível também em alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e japonês.

Nenhum comentário: